{

JORNALISMOCIDADAO

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Candeias: Representantes de empresa se reúnem com o governo para discutir impasse das obras do anel viário


Os representantes da empresa Moliza se reuniram, nesta quarta-feira (17), com secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, para discutir os impasses relativos à implantação do anel viário de Candeias no trecho da rotatória, localizado no distrito de Caroba, em Candeias. De acordo com a empresa, algumas pendências em relação ao projeto, como a desapropriação da área e obras de acesso à sede da produtora de revestimentos cerâmicos.  “A ideia é compatibilizar os projetos. Esse anel viário é muito importante para Candeias e para toda região”, destacou Martins. Os representantes da produtora de revestimentos cerâmicos se comprometeram a atender as demandas propostas pelo secretário municipal, como a contratação de um biólogo para análise de impactos ambientais.
O secretário Carlos Martins apontou que situação atual da obra do anel viário tem o trecho até Pindoba com 80% da terraplanagem concluída, em seguida, será iniciado o processo de asfaltamento. Martins ainda se comprometeu a mediar uma nova rodada de reunião, desta vez com representantes da Secretaria Estadual de Infraestrutura, pasta responsável pela obra, e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, responsável por liberar as licenças ambientais.
O anel viário terá extensão de 13 quilômetros e vai beneficiar 175 mil habitantes dos municípios de Candeias, Madre de Deus e São Francisco do Conde. Também participaram do encontro, o secretário municipal de Meio Ambiente, Mailson Assis, e o vereador Rafa de Beijoca.